ARTISTA

Felipe Maya Jatobá

Videos

Release

Felipe Maya Jatobá é ator, dramaturgo, produtor cultural e diretor teatral, atualmente dirige o Grupo Jurubebas de Teatro em Manaus/AM. Desenvolve sua pesquisa cênica sobre Dramaturgia Autoficcional, compartilhando dentro de sua experiência outras linhas que dialogam entre si, como a vivência LGBT na 2ª capital brasileira mais violenta para a comunidade, a gordofobia no meio social e inclusão de pessoas com deficiência no mercado cultural de Manaus. Indicado ao prêmio "Urgência Discursiva" no 4º Festival Internacional de Teatro de Guaranésia-MG pelo espetáculo teatral Quarto Azul, suas criações artísticas compõe a estrutura de análise das relações amorosas presentes no imaginário coletivo e as suas perspectivas na atualidade e vivência cotidiana. Durante a pandemia, propõe o diálogo "Amor do Começo ao Fim - Os Relacionamentos e a Pandemia", desenvolvido pelo Grupo Jurubebas em parceria com a psicóloga Andreza Afro-Amazônica. 

O eixo narrativo de seu trabalho como dramaturgo é o relacionamento afetivo contemporâneo a partir do conceito de Sociedade Líquida, desenvolvida pelo sociólogo polonês Zygmunt Bauman. Propõe uma série de reflexões sobre os relacionamentos na era dos APP's de mensagens instantâneas e a relação da sexualidade versus a tecnologia acessível. A ideia é trazer um paralelo ao relacionamento convencional vendido pelo mercado e a realidade das relações afetivas, principalmente em período pandêmico onde essas mesmas relações encontram-se em conflito ou em distanciamento. 

Currículo / Repertório

Ator, Dramaturgo, Diretor Teatral e Produtor Cultural. Bacharelando em Teatro pela Universidade do Estado do Amazonas-UEA. Integrou grupos importantes da cena teatral amazonense, foi co-fundador da Soufflé de Bodó Co. e fundador do Grupo Jurubebas de Teatro. Desenvolve pesquisa sobre dramaturgia autoficcional e atualmente é coordenador de projetos na Escola de Artes Trilhares. Venceu o prêmio “Melhor Ator” no Festival Internacional de Teatro de Guaranéria, em Minas Gerais, tendo sido indicado a “Melhor Ator” também no Festival de Artes de Barroso-MG e Festival de Teatro de Bolso-DF. Diretor Administrativo da Federação de Teatro do Amazonas na gestão 2018-2020, Coordenador do Projeto Leituras de Apartamento e Diretor Geral das 2 edições da Mostra "Amor do Começo ao Fim".